Day1 | Adriana Barbosa: na escassez, se reinventar

Na época da faculdade, Adriana Barbosa ia com os amigos do trabalho comer no Habib’s. Só que havia dias em que o dinheiro dava para a comida, mas não para a bebida. Em cada esfiha vinha um limãozinho, que eles juntavam com água, gelo e açúcar.

E assim Adriana fazia do limão, literalmente, uma limonada.

É apenas um exemplo das lições que ela teve ao longo de sua trajetória. A principal delas, a de que em situações de escassez, era capaz de criar as melhores soluções. Que mesmo na vulnerabilidade, era possível ser inventivo.

E isso aprendeu com as mulheres de sua família. Com a bisavó, que para complementar a renda da casa mobilizava a família para vender coxinhas, doces, marmitex — e quem fez Adriana empreendedora desde adolescente.

Conheça mais da história da fundadora da Feira Preta em seu Day1!

👉 Leia outras 50 histórias inspiradoras:
http://info.endeavor.org.br/ebook-gratuito-50-historias

Veja outras edições do Day1:
http://bit.ly/playlistDay1

CONHEÇA MAIS HISTÓRIAS INSPIRADORAS:
https://endeavor.org.br

Siga a Endeavor nas redes sociais:
Facebook – https://www.facebook.com/endeavorbrasil/
Twitter – https://twitter.com/endeavorbrasil
Instagram – https://www.instagram.com/endeavorbrasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *